Muitos empresários mantêm uma relação distante com seus funcionários. Mas será que essa é a melhor postura para o sucesso de um negócio? A resposta para essa pergunta é simples: seus colaboradores são seus primeiros clientes. Por isso, merecem mais atenção.

Conhecer bem os funcionários é sinônimo de saber se eles estão engajados com a empresa, se estão motivados com o trabalho, além de diminuir a rotatividade dentro da equipe e abrir espaço para contribuições valiosas.

No artigo de hoje, mostraremos o que fazer para manter um relacionamento mais próximo das pessoas que fazem parte do seu time.

1 – Aproveite o momento da contratação

O processo de contratação pode ir além das ações protocolares como análise de currículo e perguntas sobre a carreira profissional. Esse momento pode ser usado para conhecer detalhes do futuro funcionário e é o primeiro passo para estabelecer um bom relacionamento.

Procure saber quais são os interesses pessoais, o que faz nas horas vagas ou se tem um hobby. Perguntas assim podem ser um bom começo de conversa, mas cuidado para não parecer invasivo demais. É preciso que haja uma troca de informações.

A propósito, em muitas organizações os funcionários começam o trabalho sem saber o nome de quem gerencia o negócio. Infelizmente, essa situação é mais comum do que podemos imaginar e atrapalha bastante o desenvolvimento de quem acabou de ser contratado.

2 – Estabeleça um cronograma para ouvir os funcionários

Ser um bom líder demanda reservar um tempo para ouvir os funcionários. Sim, isso significa parar tudo o que você faz e reservar um espaço na agenda só para isso. Não atenda a telefonemas e concentre-se na conversa. No final, o resultado será compensador.

Todo negócio depende de pessoas. Por enquanto, não se conhece um empreendimento que funcione somente à base de robôs e máquinas. Por isso, esse momento para receber o feedback de quem faz parte da equipe é tão importante.

Afinal, como fazer isso funcionar?

É recomendado não ultrapassar três meses sem uma reunião em que as pessoas possam expor opiniões e demandas a respeito do trabalho. Procure saber o que elas acham que deve mudar, o que deve permanecer igual porque está ótimo e quais são as sugestões ligadas às atividades operacionais do negócio.

Aliás, o ideal é fazer encontros para feedbacks coletivos e individuais. Principalmente porque assuntos acerca do relacionamento com colegas de trabalho, por exemplo, não serão expostos diante de todos. Aproveite o momento sozinho com cada um dos funcionários também para saber como vão família e estudos.

3 – Crie uma caixinha de sugestões e dê feedback

Entre uma reunião e outra, as equipes podem ter diversas ideias que dependem da sua aprovação. Em virtude disso, é interessante criar a boa e velha caixinha de sugestões. Nela, poderão ser reunidas as propostas que surgirem no dia a dia.

Mas não precisa ser aquela caixa de sapato adaptada para receber papéis. Com auxílio da tecnologia, é possível manter um espaço de sugestões em grupos de e-mail ou em redes sociais, por exemplo. A participação pode ser um termômetro do comprometimento do funcionário com o sucesso da empresa.

Essa é a sua vez

A todo momento o empreendedor também deve dar feedbacks aos funcionários. No que diz respeito às sugestões, essa atitude é obrigatória! Nada é mais desmotivador do que não receber resposta (mesmo que negativa) a uma proposta.

Logo, mesmo aquelas ideias impossíveis de serem colocadas em prática merecem um “oi, li sua sugestão e vamos guardá-la para um momento mais apropriado”. Além do mais, as boas ideias devem ser reconhecidas com prêmios e divulgadas na comunicação interna da empresa.

Assim sendo, podemos dizer que estabelecer uma relação de confiança com os colaboradores é um desafio tanto para grandes quanto para pequenas empresas. Conhecer bem os funcionários é um processo de médio e longo prazo e que demanda dedicação verdadeira por parte do empresário. 

O que você acha de aplicar esses passos na sua empresa? Vamos adorar saber a sua opinião sobre o que fazer para se aproximar dos funcionários. Deixe um comentário!

Comentários

comentários