Como sabemos muito bem, empreender no Brasil é uma atitude quase heroica se levarmos em conta todas as dificuldades encontradas pelo caminho, que vão desde uma burocracia excessiva até a falta de incentivos.

Os desafios do primeiro ano da empresa são os mais difíceis de enfrentar e acabam resultando no encerramento prematuro das atividades de alguns novos negócios. As dificuldades mais comuns acabam se estabelecendo pela falta de planejamento adequado e gestão eficiente dos processos.

Conheça quais são os principais obstáculos que impedem que um negócio deslanche no primeiro ano e saiba como superá-los. Confira:

1 – Empreender sem capacitação

É importante diminuir ao máximo as deficiências mais comuns em novos empreendedores, como a falta de capacitação em gestão financeira, gestão de marketing, gestão de estoque e logística etc.

Na maioria das vezes, o empresário tem grande experiência em alguma dessas áreas, pois atuava nela como empregado. Mas o desafio como empreendedor é dominar todos esses conhecimentos para administrar o negócio da melhor maneira possível.

Para atingir esse objetivo, é preciso muito estudo. É necessário ler, fazer cursos e atualizar-se constantemente. Muitas instituições, como o Sebrae, por exemplo, oferecem capacitação para quem está abrindo o primeiro negócio.

2 – Falta de planejamento financeiro

A gestão financeira também é um dos grandes obstáculos para qualquer empreendedor. No primeiro ano da empresa, esse é um desafio a ser superado por meio de um bom planejamento, que antecipe todos os custos do negócio e estabeleça metas e objetivos a serem alcançados em determinado prazo.

É importante monitorar o fluxo de caixa, antever entradas e saídas e calcular as obrigações tributárias. Para isso, é importante contar com um bom profissional para assessorá-lo. Controlar o dinheiro evita perda de recursos.

3 – Não pensar no plano de marketing

Pensar nas estratégias de marketing não é coisa só para grandes empresas. É essencial entender quem são seus clientes, o que os levam a comprar da sua empresa e qual a melhor maneira de atingi-los por meio de campanhas de marketing.

Fazer isso no dia a dia do primeiro ano de atuação do negócio é um desafio para a maioria dos empreendedores, que costuma relegar para o segundo plano os investimentos nessa área.

Porém, é um erro pensar dessa forma. Isso porque um plano de marketing bem feito posiciona a empresa no mercado e pode ser determinante para a sobrevivência do negócio.

4 – Dificuldade de acesso a linhas de crédito

Geralmente, empresas em início de atividade enfrentam dificuldades na hora de pegar empréstimos para investimentos. Esse é um obstáculo que muitas vezes independe do empenho do empreendedor.

Conseguir uma linha de crédito esbarra em grande burocracia e em uma série de exigências para a liberação do dinheiro. Por isso, é essencial fazer o planejamento financeiro que falamos lá em cima. Não depender de um empréstimo logo no primeiro ano da empresa é o ideal.

5 – Enfrentar negócios já estabelecidos

Este é, sem dúvida, um dos maiores desafios dos negócios iniciantes: como se destacar em um mercado com concorrentes já estabelecidos? Sem dúvida, o primeiro passo é a diferenciação pelo bom atendimento, que é um dos itens que os consumidores mais valorizam.

Os clientes estão mais exigentes e o apego à marca é cada vez menor. Quando você tem um diferencial a oferecer, é muito provável que eles migrem para a sua empresa.

6 – Não investir na fidelização do cliente

A parte de vendas, obviamente, costuma ser a área mais importante do negócio e a fidelização dos clientes já captados é essencial para a sobrevivência e o crescimento da empresa. Já iniciar com uma estratégia de fidelização e retenção é essencial.

A empresa pode oferecer vantagens que motivem novas compras como descontos e direito a brindes, por exemplo. Isso pode ser feito por meio de um programa de fidelidade.

Portanto, se você está pensando em abrir um novo negócio, este é o momento de ficar atento a esses pontos e tomar as providências necessárias para que ele sobreviva aos desafios do primeiro ano da empresa.

O que achou do artigo? Deixe seu comentário e acompanhe outras dicas pela página da FideliZi no Facebook

Comentários

comentários